Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: Descrição: C:\Users\Ervas\Desktop\ervas e doencas\aborto_arquivos\image001.jpg

Voltar a pagina inicial

Laringite - inflamação da garganta

Fone 43 3325 5103

 

Descrição: laringite resumo

Resumo Laringite

A laringite é uma inflamação na laringe que pode ser causada por virus, bactérias ou alguma outra irritação. O sarampo também é uma das causas de laringite, sobretudo em crianças pequenas.

A doença se divide em aguda e crônica. A laringite aguda é mais agressiva e dura menos tempo, ao passo que a doença crônica se desenvolve ao longo do tempo e pode ter recorrências. Os sintomas incluem alteração de voz, dor de garganta, dificuldades para engolir e respirar.

O diagnóstico inclui entrevista com o paciente e exames mais acurados com o uso do laringoscópio. Embora a doença tenda a não apresentar complicações, alguns problemas podem ocorrer, sobretudo quando não tratada, como asfixia.

O tratamento é feito de acordo com as causas da doença (viral ou bacteriana) e sua gravidade. Algumas plantas são utilizadas, como a malva, o timo e a altéia. Se você sofre de laringite, hidrate-se bem, descanse, tente falar o menos possível para não forçar as cordas vocais e umedeça o ar constantemente.

Definição

A laringite é uma inflamação da laringe. Lembre-se que a laringe é um órgão que se encontra no interior da garganta, após a parte inferior da boca, na região conhecida como “pomo de Adão” nos homens. Faz parte do trato respiratório e nos ajuda a falar através das cordas vocais.

Existem dois tipos de laringite: laringite aguda e laringite crônica. A doença aguda aparece de repente e se cura em um curto espaço de tempo, enquanto a laringite crônica se desenvolve gradualmente, dura mais tempo e pode ser repetida.

Causas

A laringite é principalmente de origem viral, mas também bacteriana. Elas podem ser transmitidas quando o paciente tosse ou espirra e emite gotículas. Da mesma forma, o contato direto promove a propagação de germes pelas mãos ou objetos contaminados.

Infecções em torno órgãos também podem se mover em direção à laringe. Exemplos são resfriados, doenças respiratórias, gripe e difteria.

Descrição: vírus laringiteO sarampo (doença viral) pode causar laringite como complicação. Quando a doença afeta crianças novas, ela é conhecida como laringite estridulosa, uma vez que você pode ouvir um assobio e a respiração tende a ser dificultada.

Fadiga extrema e imunossupressão devido à fraqueza do sistema imune aumentam o risco de infecção.

As cordas vocais são muito prejudicadas durante a laringite. Os cantores, os torcedores (de esportes), professores e pessoas que choram ou tossem muito são mais propensas a serem afetadas. Leia também: Rouquidão

Fatores externos também podem causar laringite. Este é o caso de exposição prolongada e repetida a agentes irritantes, tais como o fumo, alergia, poeira, ar seco, álcool, frio, etc. Lesões nas cordas vocais por estrangulamento, golpes na garganta ou picadas de insetos pode causar laringite, embora seja raro.

Regurgitação ou o retorno à boca do conteúdo ácido do estômago pode causar irritação da laringe. Algumas pessoas também podem ter laringite devido ao câncer ou tumores da laringe.

Descrição: laringite sintomasSintomas

Laringite aguda

O principal sintoma é alteração da voz. Seu tom pode se tornar mais rouco. Às vezes o paciente perde totalmente a voz e precisa falar sussurrando para se comunicar. A tosse seca também é comum, assumindo característica áspera (tosse de cachorro). Formigamento, dor na garganta e problemas de deglutição podem existir com menos freqüência.

A laringite aguda geralmente tem causas infecciosas. A presença de coriza, espirros, dores no corpo e febre e facilita o diagnóstico.

Além disso, consulte um médico assim que você perceber esses sinais, pois eles podem ser sinal de laringite graves:

- Tosse rouca o especialmente à noite;

- Dificuldade em respirar com piora durante a inspiração;

- Coloração azul da pele;

- Voz fraca;

- Incapacidade de chorar em crianças;

- Dificuldade em engolir, com dor na garganta;

- Hipersalivação ou emissão abundante de saliva.

Laringite crônica

O principal sintoma é também a modificação da voz. Mas ao contrário do laringite aguda, a evolução é lenta ao longo do tempo, se a causa não for tratada.

Descrição: laringite diagnósticoDiagnóstico

O diagnóstico de laringite é afeito através de um questionamento do médico. O seu objetivo é, portanto, identificar as circunstâncias da ocorrência da doença. Os possíveis fatores relacionados ao problema, possíveis alergias, fatores profissionais ou no ambiente doméstico, história familiar e pessoal do paciente são discutidos durante a entrevista.

O médico irá então analisar o doente através de um dispositivo especial, chamado um laringoscópio. Algumas vezes, é necessário fazer uma amostragem mais detalhada de um fragmento da lesão de modo a localizar e tratar a causa.

Complicações

Alguns casos se curam espontaneamente, mas outros requerem tratamentos específicos. A complicação mais grave é a asfixia que é especialmente fatal para as crianças. É essencial consultar um médico o mais rapidamente possível se os sinais de gravidade mencionadas acima aparecerem ou persistirem por mais de 1 a 2 semanas.

Descrição: laringite tratamentoTratamentos

Tratamento curativo

O tratamento depende da causa da doença.

Para laringite viral, o médico pode receitar remédios que podem retomar a respiração normal e aliviar os sintomas incômodos. Laringites bacterianas precisam de antibióticos. Estes são medicamentos usados para matar as bactérias ou impedir a sua proliferação.

Para não sobrecarregar as cordas vocais, descanso é essencial. A umidificação da garganta garante melhora mais rápida e alivia as sensações dolorosas.

Nos casos mais graves, é necessária a internação.

Tratamento preventivo

Para evitar a irritação da laringe, é necessário:

- Vacinação contra a gripe, difteria, sarampo e outras doenças;

- Evite o ambiente nocivo contendo substâncias irritantes para a garganta incluindo o tabaco, fumaça e poeira;

- Não use demais a voz, especialmente para cantores, professores, e torcedores de esportes.

Descrição: fitoterapia laringiteFitoterapia

As plantas medicinais abaixo são interessantes no tratamento da laringite:

- Camomila, usada como gargarejo, chá ou uma cápsula.

- Cassis, usado na forma de pastilhas.

- Altéia, usada como um chá ou pastilhas.

- Malva, usada como um chá, pastilhas, em gargarejo ou cápsulas.

- Musgo-da-Islândia, usado como chás e pastilhas.

- Alcaçuz, utilizado sob a forma de pastihas ou chá.

- Sálvia, usado como chá, pastilhas, cápsula ou gargarejo, sendo essa uma das formas mais eficazes.

- Timo, forte desinfetante, utilizado como chá, cápsula, xarope, bem como o óleo essencial, sendo essa uma das formas mais eficazes.

Descrição: dicas laringiteDicas

As recomendações a seguir irão ajudá-lo se você ou seu filho tem laringite:

1. Fique em silêncio, sem sussurrar, para não piorar a irritação das cordas vocais;

2. Tente beber tanto quanto possível, exceto bebidas alcoólicas;

3. Facilite a respiração umedecendo o ar que respiramos;

4. Cuide dos seus filhos, para evitar sufocamento especialmente durante a noite;

5. Consulte um médico se os sintomas persistirem ou se sinais de gravidade aparecem.

Em caso de complicações:

- Não entre em pânico;

- Umedeça o ar o tanto quanto possível;

- Colocar o paciente em posição sentada;

- Alerte o médico ou pronto-socorro e siga seus conselhos.